(11) 91007-4004 contato@aktaliv.com.br Seg - Sab: 06:00 - 20:00
AKTA-Liv-Emagrecimento-Problemas-hormonais-atrapalham-o-emagrecimento

Problemas hormonais atrapalham o emagrecimento – Mito ou Verdade

Conseguir emagrecer pode parecer difícil se você tem problemas hormonais. Você passa horas na academia e mantem uma boa dieta, porém nada disso parece fazer efeito na balança. A resposta que você procura pode vir de dentro, ou seja, dos seus hormônios. Fique conosco e entenda um pouco mais sobre como os hormônios impactam o processo de emagrecimento.

Se você está em processo de emagrecimento e nota que a dieta e exercícios físicos não têm tido efeito, problemas hormonais podem ser os responsáveis. Pois é… o desequilíbrio hormonal pode dificultar a perda de peso, o que causa frustração em quem está tentando emagrecer.

Saiba que alguns hormônios podem interferir diretamente no processo de emagrecimento. A solução para quem apresenta problemas hormonais e quer emagrecer é regular a produção dos hormônios. Isso pode ser a peça-chave para alcançar o peso desejado. Para isso é importante saber identificar os sinais dos problemas hormonais que atrapalham a perda de peso.

É importante chamar a atenção para algo muito comum nos dias de hoje. Problemas hormonais não se resolvem com dicas da internet ou receitas que funcionaram para conhecidos. Para garantir o controle dos problemas hormonais, possibilitar o emagrecimento saudável e evitar o reganho de peso é necessário se consultar com um endocrinologista de sua confiança.

Vamos saber um pouco mais sobre como identificar possíveis problemas hormonais que interferem no emagrecimento?

Problema hormonal - como identificar

Como identificar problemas hormonais

Por trás do bom funcionamento do organismo, há diversos fatores em ação, dentre os quais se destacam os hormônios. Distribuídos por todo o corpo, eles controlam a forma com que este funciona e estão diretamente relacionados ao funcionamento do nosso metabolismo. As alterações persistentes nos nossos hormônios podem levar ao surgimento de distúrbios hormonais.

A melhor maneira de descobrir se o organismo está com alguma deficiência na produção de hormônios é realizar exames periódicos. O famoso check-up a cada seis meses vai servir como um guia para que o seu endocrinologista de confiança avalie de perto o funcionamento do seu corpo e identifique possíveis carências. A chave para manter o corpo em bom funcionamento está no equilíbrio dos seus hormônios aliado a um estilo de vida saudável.

Quando surgem problemas hormonais, é possível identificar alguns sintomas comuns na maior parte dos pacientes, como por exemplo:

  • Aumento injustificável de peso;
  • Surgimento de acne;
  • Irregularidades no período menstrual;
  • Alterações na digestão;
  • Aumento anormal da fome;
  • Cansaço e irritabilidade;
  • Baixa qualidade do sono;
  • Perda de massa muscular, dentre outros.

Os hormônios funcionam como uma espécie de “mensageiro químico” em nosso organismo. Quando ligados a determinados receptores eles geram reações químicas que permitem que o nosso corpo funcione da maneira adequada. Quando essas reações deixam de acontecer ou entram em desequilíbrio, as consequências podem ser as mais variadas possíveis. E uma delas é o ganho de peso.

Distúrbios nos hormônios e a perda de peso

Quando apresentamos alguns problemas hormonais, emagrecer pode se tornar uma batalha ainda mais árdua do que o normal. Isso porque alguns dos nossos hormônios também são responsáveis pela velocidade do metabolismo. Ou seja, pela quantidade de calorias que gastamos ao longo do dia.

Vamos conhecer alguns dos problemas hormonais que atrapalham o emagrecimento:

  • Hipotireoidismo: Os hormônios produzidos na tireoide possuem uma grande influência no metabolismo do corpo. Eles podem ditar o gasto calórico diário que uma pessoa tem apenas para se manter viva. Em casos de hipotireoidismo – quando existe uma baixa atividade da tireoide – esse gasto energético pode diminuir e dificultar o processo de emagrecimento. Mas não impede a queima de gordura.
  • Baixa testosterona: Ao contrário do que algumas pessoas podem imaginar, a testosterona não é um hormônio presente apenas no organismo dos homens. Ela também está presente nas mulheres e – mesmo em quantidades menores – tem funções fundamentais para o bom funcionamento do corpo e o bem-estar. A substância está diretamente ligada ao ganho de massa magra e à queima de gordura. Alguns medicamentos, como anticoncepcionais, podem inibir a produção de testosterona e atrapalhar o processo de emagrecimento.
  • Deficiencia de GH: Hormônio responsável pelo crescimento e pela reprodução celular. Fundamental para um bom funcionamento metabólico e, consequentemente, para o emagrecimento. Ele costuma ser produzido durante a noite e, por isso, depende muito da qualidade do sono. Pessoas muito atarefadas, estressadas e que acabam dormindo pouco podem apresentar carências de GH e isso interfere diretamente na perda de peso e na saúde como um todo.
  • Falta de estradiol: a falta deste hormônio no organismo feminino favorece o acúmulo de gordura, além de causar ondas de calor, insônia, irritabilidade, depressão, cansaço, pele fina, ossos fracos (osteoporose) e baixa libido. Essa é a explicação do porquê muitas mulheres engordam após a menopausa.
problema hormonal - como-tratar-para-emagrecer

Como tratar problemas hormonais

Se você já segue uma boa dieta e possui uma rotina que envolva atividades físicas e mesmo assim não consegue perder peso vale refletir. Será que você pode estar com problemas hormonais?

Se você achar que sim, busque o apoio do seu endocrinologista de confiança para te auxiliar. Na consulta, o endocrinologista fará uma avaliação completa do seu estilo de vida e mapeamento de fatores que possam indicar problemas hormonais. Ele também poderá solicitar os exames necessários para o diagnóstico de eventuais desequilíbrios que possam estar impedindo o seu emagrecimento.

Os problemas hormonais podem ser causados por diversos fatores e, alguns deles, podem apresentar predisposição genética. Nesse caso o médico tratará de descobrir a causa ou a associação delas.

Após a realização do diagnóstico, é imprescindível cuidar de quaisquer problemas hormonais, já que seu agravamento pode levar ao surgimento de outros problemas, como colesterol alto, doenças cardíacas, obesidade, infertilidade, depressão e diabetes tipo 2.

Cada tratamento, entretanto, varia de acordo com as condições do paciente, como idade, grau de modificação dos hormônios e razoes associadas a eles. Embora os problemas hormonais possam trazer complicações, não precisa se apavorar.

Hoje em dia, contamos com várias alternativas para tratá-los e regularizá-los novamente. Quando há acompanhamento médico e manutenção de hábitos saudáveis, fica mais fácil ter uma vida saudável e feliz.

Aqui no Centro Terapêutico Akta Liv contamos com uma equipe multidisciplinar focada no emagrecimento consciente dos nossos pacientes. Te ajudamos a equilibrar os seus hormônios e alcançar o seu peso ideal.

No Centro Terapêutico AKTA Liv trabalhamos primariamente com pacientes que apresentam transtornos alimentares, obesos, com sobrepeso e com morbidades relacionadas ao excesso de gordura.

obesidade já é considerada um problema de saúde pública e pode acarretar em sérios problemas para a saúde, como diabetes, hipertensão arterial, cardiopatias, problemas respiratórios, degeneração articular, dentre outros.

Todos os tratamentos oferecidos na Clínica AKTA Liv focam na perda e manutenção de peso a partir da adoção de hábitos de vida saudáveis, melhora da autoestima e, consequentemente, saúde e bem estar. Se você acredita que a Clínica AKTA Liv pode te ajudar, entre em contato conosco e agende uma consulta!

Precisa emagrecer?

O Centro Terapêutico AKTA Liv conta com uma equipe especializada em emagrecimento saúdável Não espere!