(11) 91007-4004 contato@aktaliv.com.br Seg - Sab: 06:00 - 20:00
AKTA-Liv-Dermatologia-Obesidade-Problemas-Dermatológicos

Problemas Dermatológicos e Obesidade

Problemas dermatológicos são comuns em pacientes obesos, mas pouco se fala sobre isto. Hoje vamos entender um pouco mais sobre a obesidade e explorar como esta doença tão complexa também interfere nas questões de pele.

Você sabia que a obesidade também pode provocar problemas dermatológicos? O excesso de gordura corporal exerce influência em quase todos os órgãos e funções corporais e a pele não é diferente.

A obesidade é uma doença crônica não transmissível e muito complexa que já é considerada mundialmente como uma epidemia. A data de 4 de março de 2021 foi marcada como o dia mundial da obesidade. Esta data é um dia importante para a conscientização da população quanto à seriedade da obesidade, que acomete cerca de 700 milhões de pessoas ao redor do mundo de acordo com a OMS.

A obesidade interfere no corpo de maneira sistêmica e pode levar ao surgimento de diversas doenças como diabetes, hipertensão, colesterol alto, depressão e ansiedade, dentre muitos outros. Acontece que pouco é falado dos problemas dermatológicos causados pela obesidade, embora estes sejam muito comuns.

AKTA-Liv-Dermatologia-Problemas-Dermatológicos-Obesidade-estria

De que forma a obesidade causa problemas dermatológicos?

A obesidade acarreta diversos problemas de pele porque afeta o funcionamento das glândulas sebáceas e da produção de sebo; a estrutura, função e produção de colágeno; produção de suor; sistema linfático, e cicatrização da pele. Além disso, como a obesidade tem forte ligação com a resistência à insulina e o diabetes tipo 2, a ocorrência de lesões como a acne é muito corriqueira em pacientes obesos.

Indivíduos com obesidade mórbida podem ter maceração, inflamação e necrose tecidual, principalmente em locais com dobras profundas e largas da pele. Tanto o aumento do peso, que exerce carga adicional nos tecidos e causa oclusão vascular, como a fragilidade da estrutura vascular e linfática são responsáveis por esses problemas da pele.

Problemas dermatológicos em pessoas obesas

Os cuidados com problemas dermatológicos devem fazer parte do tratamento integrado da obesidade. O excesso de pele, a resistência à insulina e as mudanças mecânicas relacionadas com a obesidade podem causar diversos problemas dermatológicos como:

Acantose nigricans

Acantose nigricans é uma das dermatoses mais frequentes em pacientes obesos. Apresenta-se como manchas de coloração castanho escura em regiões como axila, virilha e pescoço. As endocrinopatias são a causa mais frequente dessa dermatose, sendo a obesidade o distúrbio mais comumente relacionado a ela, segundo alguns estudos também está associada à resistência à insulina e ao aumento da produção de andrógenos.

Acrocórdons

Acrocórdon é uma pequena massa que aparece na pele, mais frequentemente no pescoço, axila e virilha, que possui entre 2 e 5 mm de diâmetro. Muitas vezes estão associadas à resistência à insulina e podem indicar que o paciente é pré-diabético.

Ceratose plantar

A ceratose plantar é caracterizada por alterações na camada mais superficial da pele (camada córnea) nas regiões plantares (pés). Ela é resultado direto da pressão aumentada na região, causada pelo excesso de peso. Essa alteração pode ser considerada uma resposta fisiológica ao trauma mecânico. A hiperceratose na região posterior da planta dos pés é considerada, por alguns autores, como o achado mais comum em pacientes com obesidade grave.

Hiperandrogenismo

Hiperandrogenismo é a manifestação clínica do aumento dos andrógenos no sangue. Num quadro de obesidade, o excesso de tecido adiposo leva ao aumentando da síntese de testosterona e à hiperinsulinemia, que acarreta o aumento dos andrógenos ovarianos. O crescimento de pelos na região do rosto e seios é comum em pacientes do sexo feminino.

Estrias

Estrias são causadas pelo estiramento excessivo da pele em áreas com grande quantidade de tecido adiposo, como seios, nádegas, abdômen, quadris e coxas. Elas aparecem primeiro como lesões lineares pigmentadas e ficam esbranquiçadas com o tempo. Questões mecânicas, hormonais e genéticas influenciam no seu aparecimento.

Úlcera de perna

Úlceras de perna são quase sempre resultantes de má circulação venosa aguda ou crônica. Elas podem ser classificadas como úlceras por pressão, arteriais e neuropáticas. Estas lesões geralmente aparecem na parte interna da perna, bem acima do tornozelo. 

Psoríase

A psoríase é uma doença inflamatória crônica, que afeta a pele, couro cabeludo, unhas e ocasionalmente as articulações. Pacientes com psoríase, quando comparados com indivíduos não obesos, têm duas vezes mais chance de serem afetados pela obesidade.

Infecções Bacterianas e fúngicas

Pacientes obesos frequentemente são acometidos por infecções de pele, como candidíase, furunculose, erisipela e celulite. Embora estas não sejam específicas à obesidade, nota-se que, quanto maior a quantidade e a profundidade das pregas nestes pacientes, maior a incidência de infecções por fungos e bactérias devido ao atrito, umidade e fricção nestas áreas.

AKTA-Liv-Dermatologia-Problemas-Dermatológicos-Obesidade-Celulite
AKTA-Liv-Dermatologia-Problemas-Dermatológicos-Obesidade-Psoríase

A pele e sua saúde

A pele é o maior órgão do corpo humano e por isto mesmo de extrema importância para a nossa saúde. Ela é a primeira barreira protetora contra diversos agentes físicos, químicos ou biológicos, como a radiação solar, poluição, vento, poeira, dentre outros. Quando danificada, a pele pode ser uma porta de entrada para bactérias, fungos e infecções, podendo colocar o organismo em risco.

Pacientes obesos apresentam diversas alterações hormonais e metabólicas e, com isso, estão mais suscetíveis a diversas complicações médicas, como os problemas dermatológicos que vimos hoje.

Sabemos que pacientes obesos também sofrem com questões relacionadas à sua imagem pessoal, como ansiedade e depressão. Problemas dermatológicos também abalam a mente. Portanto, no tratamento multidisciplinar da obesidade é importante que o paciente recebe apoio do endocrinologista, nutricionista, fisioterapeuta, psicólogo e também do dermatologista.

Se você está obeso e sofre com alguns dos problemas dermatológicos abordados aqui ou tem outras preocupações relacionadas a este assunto, agende já uma consulta com a Dra. Marina Lino, Dermatologista do Centro Integrado AKTA Liv.

Dra. Marina Lino

Dermatologia

***

No Centro Terapêutico AKTA Liv trabalhamos com pacientes que apresentam problemas hormonais, transtornos alimentares, obesos, com sobrepeso e com morbidades relacionadas ao excesso de gordura. Todos os nossos tratamentos focam na perda e manutenção de peso a partir da adoção de hábitos de vida saudáveis, melhora da autoestima e, consequentemente, saúde e bem estar.

Para alcançar estes resultados contamos com uma equipe multidisciplinar de profissionais em diversas áreas como endocrinologistas, nutricionistas, psicólogos e fisioterapeuta, já que entendemos que cada paciente é único e requerem uma proposta personalizada de tratamento.

Conheça o Centro Terapêutico AKTA Liv:

Blog

Consulta

Siga-nos nas redes sociais:

Instagram

Facebook