(11) 91007-4004 contato@aktaliv.com.br Seg - Sab: 06:00 - 20:00
AKTA-Liv-Endocrinologia-Doenças-da-Tireoide-Autoexame

Doenças da Tireoide e Autoexame da Tireoide

Se você tem histórico familiar de doenças da tireoide ou outros fatores de risco, fazer o autoexame da tireoide regularmente pode ser importante na detecção precoce de alterações.

Por definição, a tireoide é uma glândula que responsável por regular a função de vários órgãos importantes, como o coração, o cérebro, o fígado e os rins e garantindo o equilíbrio do nosso organismo.

Além de ser responsável pela produção dos hormônios T3 e T4, a tireoide também atua diretamente no desenvolvimento e crescimento de crianças e adolescentes, na regulação do ciclo menstrual, fertilidade, memória, peso, humor, controle emocional e até na concentração.  

Quando a esta glândula não está funcionando corretamente o indivíduo pode desenvolver doenças da tireoide, como:

  • Bócio
  • Bócio congênito
  • Bócio nodular tóxico
  • Câncer da tireoide
  • Carcinoma anaplasico da tireoide
  • Carcinoma da tireoide medular
  • Carcinoma papilar da tireoide
  • Hipertireoidismo
  • Hipotireoidismo
  • Neoplasia endócrina múltipla (MEN) II
  • Tireoidite silenciosa (sem dor)
  • Tireoide subaguda
  • Tireoidite crônica ou autoimune (doença de Hashimoto)

A glândula tireoide possui o formato de uma borboleta (com dois lobos) e está localizada no centro do pescoço (de 1 a 2 cm abaixo do popularmente conhecido gogó), tem cerca de 5 cm de diâmetro e pesa cerca de 15 g.

AKTA-liv-endocrinologia-glandula-tireoide

Embora as doenças da tireoide possam acometer a homens, mulheres e crianças, elas são mais comuns em mulheres durante a menopausa e no pós-parto.

Qual é a diferença entre hipotireoidismo e hipertireoidismo?

Termos mais conhecidos pelas pessoas em geral, tanto o hipotireoidismo como o hipertireoidismo são doenças da tireoide que se caracterizam por um desequilíbrio na produção hormonal desta glândula.

Hipotireoidismo: se caracteriza pela queda na produção dos hormônios T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina) que leva à redução da velocidade do metabolismo. Embora acometa indivíduos de todos os gêneros e até recém nascidos (hipotireoidismo congênito), na maioria das vezes a doença está associada a uma doença autoimune chamada de Tireoidite de Hashimoto.

Alguns sinais que podem estar associados ao hipotireoidismo são:

  • Depressão
  • Desaceleração dos batimentos cardíacos
  • Intestino preso
  • Menstruação irregular
  • Diminuição da memória
  • Cansaço excessive
  • Dores musculares
  • Sonolência excessive
  • Pele seca
  • Queda de cabelo
  • Ganho de peso
  • Aumento do colesterol no sangue

Hipertireoidismo: se caracteriza pela hiperatividade da glândula tireoide, que leva a uma maior concentração dos hormônios T3 e T4 e leva a um aumento da velocidade do metabolismo. Esta doença acomete tanto a homens quanto a mulheres, mas é mais predominante entre mulheres na faixa dos 20 aos 40 anos. A causa mais comum do hipertireoidismo é a doença de Graves.

Alguns sinais que podem estar associados ao hipertireoidismo são:

  • Sensação de calor
  • Aumento da transpiração
  • Fraqueza muscular
  • Mãos trêmulas
  • Batimentos cardíacos acelerados
  • Cansaço / fadiga
  • Perda de peso
  • Diarreia ou evacuações frequentes
  • Irritabilidade e ansiedade
  • Problemas dos olhos, tais como irritação ou desconforto
  • Irregularidade menstrual
  • Infertilidade

Autoexame da Tireoide

Portanto, assim como o autoexame das mamas é importante para a detecção precoce de alterações mamárias, o autoexame da tireoide também pode ser uma ferramenta importante de autoconhecimento e deve ser normalizado como uma forma de cuidados com a saúde.

Como fazer o autoexame da tireoide:

  1. Se posicione de frente a um espelho e tome um gole de água;
  2. Incline um pouco a cabeça para trás, de forma que ainda consiga ver o espelho;
  3. Ao engolir a água, tente identificar por alterações como nódulos ou diferenças entre os dois lados da tireoide.
AKTA-liv-endocrinologia-autoexame-da-tireoide

Alterações como nódulos ou inchaços podem se apresentar de ambos os lados da tireoide ou apenas um deles. E, caso encontre um nódulo, caroço ou inchaço nesta área, agende uma consulta com um médico endocrinologista para fazer uma avaliação profissional.

Importante ressaltar que a presença de nódulo ou inchaço não significa que haja um problema sério, mas apenas que o seu corpo está pedindo uma atenção especializada! 😉

***

No Centro Terapêutico AKTA Liv trabalhamos com pacientes que apresentam problemas hormonais, transtornos alimentares, obesos, com sobrepeso e com morbidades relacionadas ao excesso de gordura. Todos os nossos tratamentos focam na perda e manutenção de peso a partir da adoção de hábitos de vida saudáveis, melhora da autoestima e, consequentemente, saúde e bem estar.

Para alcançar estes resultados contamos com uma equipe multidisciplinar de profissionais em diversas áreas como endocrinologistas, nutricionistas, psicólogos e fisioterapeuta, já que entendemos que cada paciente é único e requerem uma proposta personalizada de tratamento.

Conheça o Centro Terapêutico AKTA Liv:

Blog

Consulta

Siga-nos nas redes sociais:

Instagram

Facebook

 

 

× WhatsApp