(11) 91007-4004 contato@aktaliv.com.br Seg - Sab: 06:00 - 20:00
AKTA-Liv-Endocrinologia-Urologia-pessoas-obesas-tem-mais-calculos-renais

Pessoas obesas tem mais cálculos renais?

Se você está acima do peso, pode se perguntar se existe uma relação entre cálculos renais e obesidade. O excesso de peso pode aumentar o risco de se desenvolver uma série de problemas, entre elas a doença renal. Mas, afinal, existe relação entre obesidade e cálculos renais? Continue a leitura para entender mais sobre esse assunto!

Segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia, milhões de brasileiros possuem cálculos renais. A doença atinge mais homens do que mulheres, levando em conta todas as faixas etárias. O aumento de pacientes com problemas renais decorrentes do sobrepeso tem aumentado consideravelmente nas últimas décadas.

Indivíduos obesos apresentam um crescimento da área corporal, o que exige que o organismo trabalhe mais intensamente. Isso faz com que alguns órgãos fiquem sobrecarregados, como é o caso dos rins. O aumento da demanda de trabalho dos rins eventualmente poderá levá-lo a uma sobrecarga, chamada de hiper filtração.

Isso normalmente ocorre quando os rins precisam filtrar o sangue acima dos níveis normais. Esse processo serve para garantir as demandas metabólicas geradas pelo aumento da massa corpórea gerada pela obesidade. Não tão raro, essa sobrecarga das atividades renais está diretamente atrelada ao risco elevado de doenças renais graves no longo prazo.

AKTA-Liv-Endocrinologia-Urologia-pessoas-obesas-tem-mais-calculos-renais-homem-obeso-imagem-do-rim

A relação entre cálculos renais e a obesidade

Antes de mais nada, é preciso entender o que são cálculos renais e como surge essa enfermidade. Cálculos renais ou pedras nos rins são formações endurecidas que se formam nos rins ou nas vias urinárias, resultantes do acúmulo de cristais existentes na urina. A disfunção renal trata-se da redução desse principal órgão responsável por purificar o organismo. A doença também pode estar relacionada a alterações em outras regiões do trato urinário.

Não podemos afirmar que o fato de uma pessoa estar acima do peso pode ter desencadeado cálculos renais. Entretanto, se você se encontra nessa situação possui um risco maior de desenvolver doenças renais.

Isso ocorre porque o sangue circula pelas artérias renais. É desse modo que os líquidos, o excesso de água e as toxinas presentes no nosso organismo são filtrados. Os nefrônios, que estão localizados nos rins, são responsáveis por fazer esse trabalho.

Uma pessoa obesa possui um volume maior de líquidos e de substancias tóxicas em seu organismo. O problema acontece quando os rins de pessoas que sofrem com a obesidade precisam trabalhar muito mais para conservar o equilíbrio do corpo.

Esses problemas, além de comprometer as artérias e as veias, podem causar danos aos rins a longo prazo, levando ao surgimento dos cálculos renais. Além disso, pessoas com obesidade possuem uma maior circunferência abdominal, o que favorece a produção elevada de cálcio e ácido úrico. Esses fatores também aumentam as chances de se desenvolver pedra nos rins.

O que causa a formação de cálculos renais

Em resumo, existem fatores genéticos e fatores relacionados aos nossos hábitos que influenciam a formação das pedras nos rins. Como não conseguimos atuar na genética que nos influencia, nos resta cuidar de nossos hábitos, sobretudo alimentares.

Sem sombra de dúvidas, a falha na ingestão hídrica é senso comum como fator que influencia o aparecimento de cálculos renais. Ela corresponde, assim, por 10-50% da formação de pedras. Não obstante, o cálcio também é bem famoso. A hipercalciúria, ou seja, o aumento da concentração de cálcio na urina, pode responder, dessa forma, por 28-53% das causas dos cálculos.

Há também outros fatores importantes, porém, menos conhecidos e algumas causas metabólicas menos impactantes. Por fim, existem casos de cálculos renais relacionados com infecção e fatores anatômicos, como a obstrução da JUP, o rim em ferradura, os divertículos calicinais e o rim esponjoso medular.

Como podemos ver, nenhuma dessas causas de aparecimento de pedras nos rins está diretamente relacionada à obesidade. Embora os cálculos renais sejam causados por diferentes motivos, o sobrepeso não é uma causa direta para o surgimento da doença. Ainda assim, cuidar da sua saúde como um todo certamente traz benefícios em qualquer aspecto.

Recomendações para se evitar pedra nos rins

A prevenção é o melhor remédio para impedir o aparecimento de cálculos renais. A forma mais simples de evitar o problema é, como mencionamos, ingerir a quantidade de água adequada diariamente – ao menos dois litros.

Uma alimentação saudável, baseada no consumo de produtos naturais, pode ser bem recomendada pelo profissional que te acompanha. Você também deve estar atento ao consumo exagerado de sódio e cálcio bem como com o uso constante de anti-inflamatórios.

Podemos dizer que a relação entre cálculos renais e obesidade faz todo o sentido. Entretanto o fato de estar acima do peso não significa que o paciente terá a doença, apesar de a probabilidade ser maior.

Tratando a obesidade e os cálculos renais no Centro Terapêutico AKTA Liv

Aqui no Centro Terapêutico AKTA Liv contamos com uma equipe multidisciplinar para garantir a melhora da sua saúde como um todo.

Se você sofre com cálculos renais, contamos com urologistas de renome na nossa equipe. Atualmente, mais de 95% dos casos de cálculos renais são tratados através de técnicas endourológicas. Estas são procedimentos muito resolutivos, pouco agressivos, oferecem boa recuperação e rápido retorno às atividades habituais. E esse tipo de tratamento está disponível para você.

Se você não possui problemas urológicos, mas sofre com o excesso de peso, temos um time de endocrinologistas que poderá te ajudar a perder peso de forma saudável através do nosso Programa de Emagrecimento Consciente.

Agende já sua consulta com a nossa equipe.

Quer emagrecer com saúde?

O Centro Terapêutico AKTA Liv conta com uma equipe especializada em emagrecimento saudável. Nossa vocação é cuidar de você.

No Centro Terapêutico AKTA Liv trabalhamos primariamente com pacientes que apresentam transtornos alimentares, obesos, com sobrepeso e com morbidades relacionadas ao excesso de gordura.

obesidade já é considerada um problema de saúde pública e pode acarretar em sérios problemas para a saúde, como diabetes, hipertensão arterial, cardiopatias, problemas respiratórios, degeneração articular, dentre outros.

Todos os tratamentos oferecidos na Clínica AKTA Liv focam na perda e manutenção de peso a partir da adoção de hábitos de vida saudáveis, melhora da autoestima e, consequentemente, saúde e bem estar. Se você acredita que a Clínica AKTA Liv pode te ajudar, entre em contato conosco e agende uma consulta!