(11) 91007-4004 contato@aktaliv.com.br Seg - Sab: 06:00 - 20:00
Bate Papo sobre os cuidados da mulher na quarentena

Bate Papo sobre os cuidados da mulher na quarentena

No blog post de hoje relembramos o bate papo entre duas das médicas aqui do Centro Integrado AKTA Liv sobre um assunto muito relevante neste momento, que são os cuidados da mulher durante a quarentena! Este post é baseado na postagem original no blog Mastologista São Paulo.

Neste bate papo a Dra. Ana Priscila Soggia (endocrinologia e metabologia) e a Dra. Danielle Miyamoto (ginecologia e mastologia) a saúde da mulher na quarentena e os impactos que isto pode ter no nosso ritmo, na nossa fisiologia.

Aqui disponibilizamos para vocês o vídeo na íntegra e a transcrição parcial e adaptada da live sobre os pontos principais deste debate! Não perca todos os detalhes desta conversa que vale muito à pena assistir!

Dra. Ana Priscila Soggia – Se a gente for pensar, a nossa área – endócrino e ginecologia – tem muita a ver com esta parte hormonal e a gente sabe que pequenas mudanças de sono e alimentação podem alterar alguns hormônios e causar um impacto na nossa qualidade de vida e até em algumas manifestações clinicas. A gente recebeu uma pergunta do público que é bem interessante – O que pode causar alteração não ciclo menstrual neste período?

Dra. Danielle Miyamoto –  Muitos fatores podem ser responsáveis por alterar o ciclo menstrual da mulher – mudança brusca de rotina, isolamento social, trabalhar de casa e ao mesmo tempo em que precisa cuidar da família e dos filhos a todo o tempo pode causar ansiedade e aumento do stress. É sabido que o stress aumenta a liberação do cortisol, hormônio que pode causar alterações no ciclo menstrual.

O ciclo menstrual geralmente é de 28 dias e pode ser um pouco mais longo do que isto. Mas, caso se passe mais de 45 dias, é recomendável procurar o ginecologista para que seja averiguada a possibilidade de uma gravidez (principal suspeita) ou alguma outra alteração. Mas a oscilação de alguns dias no ciclo pode ser mesmo só por conta do stress e ansiedade.

Dra. Ana Priscila Soggia – Outra pergunta do nosso público – Mudanças no ritmo de sono, seja por causa de ansiedade, seja por questões hormonais neste período de isolamento é normal?

Dra. Danielle Miyamoto – Sim. O fato das mulheres estarem em confinamento e ficarem mais tempo em casa pode causar alterações hormonais por diversos fatores – ansiedade, stress, da falta de rotina, dentre outros. Com a mudança brusca de rotina, muitas mulheres passaram a dormir muito tarde e não ter uma quantidade e qualidade de sono suficiente. Assim, é recomendável que a mulher faça um planejamento das suas atividades diárias para que ela possa dormir o número de horas suficientes. E não se esquecer de acrescentar alguma atividade física, controlar o consumo de bebidas alcóolicas e prestar atenção na alimentação.

Dra. Ana Priscila – E falando sobre a ingesta de bebida alcoólica, é relevante mencionar que, embora se fale muito no aumento do consumo de bebidas alcoólicas entre os homens, o que temos visto no consultório é um aumento entre as mulheres, muito significativo quando comparado com o período antes da quarentena. O alto nível de estresse, a falta de oportunidades de interação com a família e as amigas, carga redobrada de trabalho e excesso de responsabilidades podem fazer com que algumas mulheres busquem um alívio na bebida alcoólica. Mas elas precisam estar conscientes que o consumo de bebidas alcoólicas pode levar à alteração do ritmo de sono e ao aumento de peso por conta das alterações hormonais que levam a alteração do ciclo fisiológico da mulher.

Agora vamos falar um pouquinho sobre o autoexame da mama, super importante nesta época em que as consultas de rotina não têm sido feitas com tanta regularidade por causa da pandemia.

Dra. Danielle Miyamoto – O autoexame da mama pode ser realizado uma vez por mês por todas as mulheres que já iniciaram a menstruação. Para as pessoas que ainda menstruam, a melhor época para fazer a palpação é logo após o ciclo menstrual, que é quando a mama fica mais amolecida. Para as pessoas que já não menstruam mais, não há um período ideal específico, mas a orientação continua a de fazer o autoexame uma vez por mês.

ATENÇÃO: Quando a mulher deve procurar o mastologista mesmo durante a quarentena?

– se notar alguma alteração que permanece igual ao longo do ciclo menstrual;

– se ela já faz acompanhamento e notou que as características desta alteração mudaram;

– se ela notar vermelhidão na mama e aumento de temperatura da pele na região;

– se ela notar secreção saindo dos mamilos;

– se ela notar alguma ferida na pele da mama.

Postagens relacionadas a este vídeo:

Alterações Hormonais da Mulher na Quarentena – Parte 1

Alterações Hormonais da Mulher na Quarentena – Parte 2

Mudanças Hormonais da Mulher na Quarentena – PARTE 3

Agende uma consulta com Dra. Danielle Miyamoto – (CRM: 156030, RQE Ginecologia e Obstetrícia: 69083, RQE Mastologia: 73739). Médica mastologista formada pela USP e ginecologista e obstetra formada pela UNICAMP, com título de especialista nas duas áreas.

***

O Método de Emagrecimento AKTA Liv trabalha primordialmente com pacientes que apresentam transtornos alimentares, obesos, com sobrepeso e com morbidades relacionadas ao excesso de gordura. Todos os tratamentos oferecidos na Clínica AKTA Liv focam na perda e manutenção de peso a partir da adoção de hábitos de vida saudáveis, melhora da autoestima e, consequentemente, saúde e bem estar.

Conheça o Centro Terapêutico AKTA Liv:

Blog

Consulta

Siga-nos nas redes sociais:

Instagram

Facebook

× WhatsApp