Todo mundo possui um pouco de ansiedade e isso não é ruim. A ansiedade nos move, nos impulsiona, nos dá aquele friozinho na barriga quando esperamos algo. O problema é que, quando isso acontece em excesso, vira algo que não conseguimos controlar. O nosso pensamento fica acelerado, nossos atos ficam impulsivos, nossa mente não se equilibra. Esse descontrole pode acontecer por diversos motivos: problemas familiares e afetivos, dificuldades com autoestima e aparência física, problemas no trabalho ou o simples fato de que seu cérebro se acostumou a pensar e agir de maneira impulsiva e sem equilíbrio.

Uma das maneiras que encontramos para “aliviar” esse excesso de ansiedade é com a alimentação. Emagrecer e manter-se magro, não está somente associado àquilo que se come, mas também pela maneira que se pensa. Comemos porque estamos ansiosos. Ganhamos peso. Ficamos mais ansiosos. Comemos mais para aliviar a tensão emocional. Ganhamos peso. Um ciclo vicioso que nos torna cada vez mais ansiosos e preocupados com nossa saúde e aparência física. Além de desenvolvermos uma crença inadequada de que a comida será a solução dos problemas.

Alguns dos pensamentos sabotadores mais comuns detectados nos pacientes acompanhados no AKTA liv estão listados abaixo. Avalie se você já pensou da mesma forma. Em caso positivo é importante que sejam modificados para se manter o peso em busca de saúde e bem-estar.

  • Eu não tenho nenhum problema, basta uma dieta que ficarei como eu quero.
  • Eu não preciso fazer um tratamento, preciso apenas de uma dieta.
  • Apenas com esta dieta vou conseguir perder peso e não ganhar mais, desta vez vai ser diferente.
  • Vou começar a dieta e não vou comer nada, para que depois possa voltar a comer como antes.
  • Não preciso de ajuda para emagrecer, eu sei o que eu preciso fazer.
  • Não preciso escrever o que estou comendo todos os dias, não tenho tempo e acho isso chato.
  • Não preciso escrever os motivos de eu querer emagrecer, eu sei todos eles.
  • Não tenho vontade de escrever o que como e fazer as tarefas comportamentais, eu faço tudo certo sem anotar.
  • Não quero escrever agora, farei isso mais tarde.
  • Este programa é para outras pessoas, eu não preciso disso.
  • Eu sei que não devo comer isto, mas tudo bem porque eu tive um dia difícil.
  • Eu sei que não devo comer isto, mas tudo bem porque é só hoje.
  • Eu já estou satisfeita, mas se eu comer só mais um pouquinho não terá problema.
  • Vou sair da programação alimentar porque terá uma festa ou viagem.
  • Vou comer sem preocupação porque já está tudo pago, amanhã eu volto para a dieta.
  • Já que eu comi fora da programação, vou comer o que eu quiser, amanhã começo novamente.
  • Não vou conseguir perder peso e manter, porque sempre volto a ganhar.
  • Esta dieta está muito difícil, vou desistir agora e depois vejo o que vou fazer.

É injusto eu não poder comer igual aos outros.