Como medir o metabolismo?

A calorimetria indireta é um exame utilizado para medir a taxa metabólica de repouso. O organismo consome uma quantidade fixa de oxigênio por cada caloria oxidada. Pela diferença entre a quantidade de oxigênio no ar inspirado e expirado, o aparelho calcula com precisão quantas calorias o corpo está “queimando” naquele momento. Cada pessoa tem a sua própria taxa metabólica de repouso. Duas pessoas com mesma idade, sexo, peso e altura provavelmente terão metabolismos energéticos diferentes.

O que é a Taxa Metabólica de Repouso?

A taxa metabólica de repouso representa em torno de 70 a 80% do gasto energético total e se refere às calorias gastas pelo corpo para manutenção das funções básicas no repouso, como os batimentos cardíacos, respiração, controle da temperatura corporal, etc. O restante do gasto energético provém das calorias gastas na digestão dos alimentos (10%) e com a atividade física diária (15-20%).

Como é feito este exame? 

O exame é realizado em consultório, dura aproximadamente 20 minutos. É necessário que o paciente esteja em repouso, em ambiente calmo e completamente relaxado. Consumo de alimentos, atividade física intensa, situações estressantes e uso de estimulantes (cafeína, por exemplo) podem elevar o metabolismo e devem ser evitados nas horas que antecedem o exame. Durante o procedimento, após a colocação de um clip nasal para impedir que o ar expirado saia pelas narinas, o paciente é orientado a respirar por um bocal que leva o ar diretamente ao aparelho para que a quantidade de oxigênio eliminada seja medida. Este processo dura de 10 a 15 minutos. Os dados fornecidos são então inseridos em um programa de computador que irá fornecer a taxa metabólica de repouso do paciente em Kcal/dia.

Como avaliar os dados fornecidos pela calorimetria? 

A taxa metabólica de repouso do paciente, obtida no exame, é comparada com a taxa metabólica que seria esperada para uma pessoa de mesmo sexo, idade, peso e altura. Uma variação de até 10% para mais ou para menos é considerada normal. Pessoas com metabolismo lento – abaixo da variação normal – têm mais facilidade de ganhar peso pois necessitam de menor quantidade de alimentos para suas funções orgânicas. Nestes casos, várias estratégias de tratamento como o tipo de dieta, uso de suplementos e algumas mudanças de estilo de vida podem ser utilizadas para promover um aumento do metabolismo de repouso e consequente melhora dos resultados. Por outro lado, em pessoas com metabolismo normal ou aumentado, o tratamento do excesso de peso será direcionado para a quantidade de calorias ingeridas e, em alguns casos, no controle do apetite ou compulsão.

Como Aumentar o Metabolismo?

Se você quer perder peso, faça o mecanismo de metabolismo trabalhar à seu favor. Para tanto você precisa mudar alguns de seus hábitos de forma a acelerar seu metabolismo e assim aumentar a queima de caloria.

São alterações na vida diária são simples, mas que no geral irá resultar em saúde e bem-estar:

  • Atividades Físicas
  • Alimentação adequada e o consumo de alimentos termogênicos
  • Transformar gordura branca em gordura marrom aumentando o gasto calórico
  • Procedimentos estéticos com o objetivo de acelerar o metabolismo, transformar gordura branca em marrom e combater a gordura localizada
AKTA-LIV-CALORIMETRIA-INDIRETA-FUNDO-BRANCO